A pele da mulher brasileira | Portal Salão Brasil

A pele da mulher brasileira


11/04/2016 | Postado em Colunas

A PELE DA MULHER BRASILEIRA  por Sonia Corazza

Você sabia que as mulheres do Brasil têm a pele bem diferente umas das outras, dependendo da região onde vivem? Pois é, devido a intensa miscigenação de raças, temos uma paleta de tipos cutâneos bem diversificada, veja só:

A pele da mulher nordestina, que nasceu e vive nos estados de Sergipe, Pernambuco, Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Piauí ou Rio Grande do Norte tende a ser mais oleosa e seborreica. Estão muito submetidas a ação do sol e do vento, o que favorece o aparecimento de rugas precoces e aumenta o risco de incidência de câncer de pele, caso não haja proteção contra os raios solares.
Dica de cuidado: Capriche na hidratação diária, escolhendo produtos com alto FPS para o rosto e regiões do corpo expostas a radiação solar. Não se esqueça também de limpar o rosto 2 vezes ao dia para evitar o acúmulo de óleo sobre a pele e o aparecimento de cravos e espinhas.

A mulher nortista, que sofre com as altas temperaturas e grande índice de umidade do ar o ano todo, também tem alta possibilidade manifestar as características de pele oleosa. Sofrer mais durante os meses quentes porque a pele fica com aspecto mais gorduroso e com mais impurezas, portanto também precisa de limpeza e tonificação adequadas para evitar as erupções cutâneas.
Dica de cuidado: Invista na alimentação rica em vegetais, que reforçam o suprimento de sais minerais e vitaminas favorecedores do equilíbrio da pele. Comer com equilíbrio é vital para manter a pele bonita e livre de impurezas. A água também exerce papel vital no metabolismo e eliminação das impurezas do nosso organismo, mantendo a pele hidratada e sem oleosidade excessiva.

Na região Sudeste há uma grande diversidade racial, as pessoas que vivem a beira mar são propensas ao envelhecimento precoce da pele, bem como as que trabalham no campo, na agricultura. Já as que vivem nas regiões serranas sofrem com o frio, tendo uma pele mais seca. E as que habitam grandes centros urbanos lutam contra a poluição, que se deposita sobre a pele e causa irritação e o aparecimento de cravos e espinhas.
Dica de cuidado: A hidratação é fundamental para todas, que devem optar por formulações contendo filtro solar e vitamina E, de ação antioxidante. A limpeza deve ser suave, sendo que os sabonetes líquidos são os mais indicados, seguidos obrigatoriamente de uma loção tônica sem álcool, para restaurar a condição de normalidade da pele.

As sulistas são as que mais sofrem com as baixas temperaturas, como normalmente são descendentes de europeus possuem pele clara e sensível a radiação solar.
Dica de cuidado: É importante proteger a pele adotando a massagem com um óleo vegetal especial, como o semente de uva ou gérmen de trigo, que também facilitam a vaso-dilatação periférica e a irrigação sanguínea, deixando a pele mais nutrida, além de ajudar na reposição do manto natural que protege a pele. Não importa de onde você é, cuidar da pele vale para todas.

Sobre Sonia Corazza: Graduada em Engenharia Química, em 1981, com Especialização em Cosmetologia. Possui  mais de 30 anos de atuação na área Cosmética, em departamentos de Pesquisa& Desenvolvimento de novos produtos. Nos últimos 15 anos, trabalha como Consultora Técnica de grandes empresas, desenvolvendo formulações e trabalhos inovadores para: Avon, Boticário, Eudora, Natura, Sol de Janeiro, entre outras.

Acesse: www.soniacorazza.com.br

© 2017 Salão Brasil - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por M2R Digital