A Competitividade no Mercado de Cosméticos | Portal Salão Brasil

A Competitividade no Mercado de Cosméticos


01/02/2014 | Postado em Colunas

Cada vez mais o mercado está mais competitivo e aquelas empresas que não acordarem, serão passadas para trás como um Tsunami, hoje existe uma forte concorrência no mercado de Cosméticos Mundial.

No Brasil, empresas multinacionais estão sempre buscando esse generoso mercado, o terceiro maior do mundo. Algumas vezes com sucesso, outras vezes se perdem devido aos nossos excessivos impostos, que impossibilitam as empresas serem competitivas, outras, pela ganância abusiva dos importadores, que só porque o produto é importado, costumam seguidamente Violentar a margem de ganho, ao invés de Seduzir o mercado com suas novidades, outras por não respeitarem ou não entenderem as necessidades e as diferenças que os consumidores brasileiros têm, e não adaptam os produtos ao nosso mercado, ou não adaptam as estratégias de comercialização ao nosso Cenário Comercial, e outras que não conseguem se adaptar as características de logísticas do Brasil – esquecem que somos um grande “Continente”.

Outra força muito grande, está no próprio mercado interno, com nossas empresas nacionais e até multinacionais Brasileiras.

Temos atualmente várias empresas nacionais, como modernos centro de pesquisas, centro de diagnósticos, e que investem fortemente em matérias primas modernas e equipamentos de última geração para levar o que há de mais moderno em tecnologia para o mercado, e fazem um excelente trabalho, com produtos de alta performance, não perdendo nada em qualidade aos produtos importados.

O consumidor tem que entender que o que existe de matéria prima mais moderna descoberta em Paris, Alemanha, Nova York, ou em qualquer lugar do Mundo em questão de segundos, todo o mercado mundial está sabendo. A internet hoje coloca todos ligados imediatamente, não existem mais segredos. E o mais importante todo mundo quer vender para todo mundo, principalmente para o Brasil.

Além disso, o Brasil é o maior exportador de matérias primas para o mercado cosmético do mundo, graças as nossas matas e florestas, que conseguem em alguns lugares ainda serem preservadas.

Para o mercado de cosméticos, o que não faltam são desafios. A cada dia novos concorrentes e obstáculos colocando-se á frente de empresários e profissionais envolvidos com a produção e distribuição.

As empresas são diariamente pressionadas e questionadas por um consumidor mais informado e exigente, que busca muito mais do que preço baixo.

Diante deste cenário, estratégias são revistas e o que até então era visto como certo, passa a ser questionado. Em nosso mercado, tais transformações acontecem em uma velocidade muito mais rápida, já que estão sujeitas as evoluções tecnológicas e sobretudo as oscilações econômicas que interferem no bolso do consumidor e na gestão das empresas.

Há muito tempo tem se discutido modelos capazes de garantir o fortalecimento das empresas e a imagem do setor junto ao consumidor final. Porém, a prática é muito mais difícil do que parece.

Afinal, reunir interesses e agendas tão diferentes é praticamente uma missão impossível, mas temos esperanças de que uma hora os interesses se encontrem e daí, certamente conseguiremos nos transformar rapidamente em uma potência de tecnologia em produtos, não deixando nosso maior Ouro (nossas matérias-primas), irem a preço de banana lá para fora, e sempre voltarem a preço de Diamante para nossos consumidores.

Esse momento está cada vez mais perto. Estamos de olho!

Sucesso e bons negócios!

Rogerio David

 

© 2017 Salão Brasil - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por M2R Digital