Salão de beleza: um negócio rentável | Portal Salão Brasil

Salão de beleza: um negócio rentável


05/11/2016 | Postado em Colunas

Salão de beleza: um negócio rentável que precisa ser comandado de perto

Na hora de abrir um salão de beleza ou uma clínica de estética muitos profissionais da beleza não conseguem administrar seu próprio negócio. Sobra talento, mas falta experiência administrativa e gerencial. Neste caso, vale à pena investir em um bom curso de gestão e administração.
Até os anos 90, o mercado de beleza era um ramo pouco competitivo. Qualquer profissional talentoso conseguia conquistar clientela e fazer sucesso. Hoje, no entanto, não basta ter talento para virar empresário. Deve ter noções de gerenciamento, conhecer todo o processo, desde pagamentos até estoque, passando pelo dinheiro em caixa e tabela de preços. Só assim, pode investir em serviços diferenciais com mais segurança, garantindo o sucesso de seu empreendimento.
Há quem diga que podemos contratar alguém para administrar. Eu discordo. O proprietário precisa entender algo de gerenciamento para avaliar os resultados.
Quando ele não tem esse conhecimento, fica difícil sustentar o empreendimento.
Uma administração profissional é um requisito indispensável para o sucesso do seu salão, é ela que garante a satisfação do cliente e o retorno do investimento.

Alguns pilares nos quais o gestor do salão deve manter os seus olhos:

1- O controle do caixa é importante
A contabilidade de um salão não pode ser feita de forma amadora. Nada de usar o velho método em que o cabeleireiro anota no papel a quantia a ser paga no caixa e, depois de registrar, joga fora. Resultado: no final do dia o dono não tem ideia de quanto entrou no caixa. Como em qualquer negócio, deve-se sempre ter o controle absoluto
de tudo: pequenos gastos, salários, formação de pessoal, estoque, aluguel. Para facilitar este trabalho, é recomendável o uso do livro-caixa. Basta anotar nele todo o dinheiro que entra e sai.

2- O controle dos gastos é fundamental
Por mais difícil que pareça, é possível controlar os gastos, por exemplo, muitos
desperdícios e erros são detectados, desde o uso errado de produtos (por falta de conhecimento técnico) até o mau atendimento e o despreparo para vendas. Além
disso, todo o colaborador deve ser estimulado a economizar.

3- Seja cauteloso com as finanças
DINHEIRO – Parece até “chover no molhado”, o salão de beleza precisa ter uma base financeira sólida. Tomar cuidado para não trilhar o velho e inevitável caminho do fracasso, ou seja, começar a entrar no limite do cheque especial, dos cartões de crédito e ai, a “bola de neve” está configurada. Salão que vive pedindo empréstimos com
frequência demonstra desorganização. Neste caso, para que isso não ocorra, o proprietário deve preparar-se financeiramente com recursos próprios.

4- Capacitar é preciso
Ter bons profissionais, preparados, atentos ao mundo da beleza, conhecedores dos produtos que dispõem e cientes de sua responsabilidade é um quesito que agrega valor. Por isso, não tenha dúvida: mais que oferecer produtos, o salão deve contar com pessoal técnico capacitado para diagnosticar e indicar os itens adequados, principalmente quando a pessoa tem dúvidas ou dificuldades para acertar em suas escolhas.

5- O salão na direção certa
Está cada vez mais difícil não ser igual ao concorrente. Pense bem: o que antes era diferente, agora virou condição básica para um salão ir para frente: sem qualidade, preço ajustado, boa apresentação e informatização não há como se manter no mercado. Aumentar faturamento e lucratividade. Equipes bem treinadas, motivadas e eficientes. Melhorar a qualidade em atendimento ao cliente. Mas afinal, o que é um cliente? Um cliente é a pessoa mais importante do seu salão. Dependemos dele, para existência do salão…
Não estamos fazendo um favor em atendê-lo, ele está fazendo um favor em nos dar a oportunidade de atendê-lo.
Mais do que nunca o proprietário do salão deve estar atento às mudanças do mercado. O aumento do número de salões e do nível de exigência dos clientes requer cada vez mais atenção ao seu negócio. Afinal, a área de beleza é uma das que mais cresce no país.


Carlos Oristanio
, Administrador, Técnico Contábil. Atua há mais de quinze anos em treinamentos para o setor de beleza. Sócio do PER TE Cabelo e Moda e Sócio da ORISTANIO consultoria. Consultor especializado em salão de beleza. Coordenador da UNICSUL -Universidade Cruzeiro do Sul – Curso Visagismo e Estética Capilar.
Professor universitário na área de Administração e Negócios com ênfase em gestão empresarial, empreendedorismo e marketing. Colaborador da Revista Cabelos e Cia e Profissão Beleza, além de inúmeros textos publicados em jornais, revistas e sites.

Oristanio Consultoria
11 9.9983 3927 | 11 3064 7301
oristanioconsultoria@terra.com.br

 

© 2017 Salão Brasil - Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por M2R Digital